Projetada por Herzog & Meuron, sala de concertos com acústica de alto desempenho é inaugurada na Alemanha

Edifício aproveita estrutura antiga de armazém, com vista de 360º para a cidade e fachada de vidro que reflete a luz solar

Foi inaugurada na última quarta-feira (11), na cidade alemã de Hamburgo, o Elbphilharmonie, edifício multiuso projetado pelo escritório suíço Herzog & Meuron. O empreendimento é composto por um hotel, 45 apartamentos privados e uma praça com vista de 360º da cidade, além das três salas de concertos, que comportam 2,1 mil pessoas. A estrutura de vidro com formas de onda tem 110 metros de altura. Ela fica sobre um armazém de tijolos, construído na década de 1960.

As duas partes da construção – a nova estrutura de vidro e o antigo armazém – são conectadas por meio de uma praça, suspensa a 37 metros do solo. Tal espaço é composto por uma passagem externa, que perpassa todo o edifício, e o lobby do hotel na região interna, que também comporta uma loja, um espaço de jantar e escadas que levam às salas de música.

A grande sala de concertos, principal espaço da edificação, tem 2,1 mil assentos localizados ao redor de um palco, localizado no centro. Eles são arranjados de forma que nenhuma pessoa da audiência fique a uma distância maior de 30 metros do maestro.

Para maior otimização acústica da sala, os arquitetos desenvolveram parede e estrutura do telhado especiais, com o especialista em acústica reconhecido em todo o mundo Yasuhisa Toyota. Dessa forma, 10 mil painéis de fibra individualmente modelados e cortados com precisão milimétrica asseguram uma distribuição sonora que alcance cada canto da sala.

Na parte superior do edifício há, ainda, o Salão Recital, com acústica de alto desempenho e 550 assentos flexíveis, que possibilitam a utilização do espaço para variadas propostas.

A fachada de vidro consiste em 1,1 mil pinéis individuais, com três metros de altura. As janelas foram moldadas separadamente com precisão milimétrica, e marcadas com pontos de basalto reflexivo cinza. Isso protege a estrutura de aquecimento por meio da luz solar, e cria um efeito cintilante.

fonte:http://www.au.pini.com.br/arquitetura-urbanismo/edificios/projetada-por-herzog-meuron-sala-de-concertos-com-acustica-de-377124-1.aspx


Voltar